Informação
Notícias
            Informação             Notícias             Dom Walmor Oliveira de Azevedo recorda os 40 anos da primeira visita de São João Paulo II ao Brasil
30/06/2020 Fonte: CNBB Notícias das paróquias Dom Walmor Oliveira de Azevedo recorda os 40 anos da primeira visita de São João Paulo II ao Brasil
A+ a-

“Celebrar 40 anos da primeira visita de São João Paulo II ao Brasil é celebrar memórias muito profundas, tocantes e sustentadoras do caminho missionário de nossa Igreja”. Assim o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, descreve a primeira vez que um Papa veio ao Brasil, em junho de 1980.

A visita de São João Paulo II ao Brasil ocorreu entre os dias 30 de junho e 12 de julho de 1980. Embalado pela carinhosa e acolhedora canção “A bênção, João de Deus”, o Papa polonês percorreu todas as regiões do país visitando as cidades de Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Aparecida (SP), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Salvador (BA), Recife (PE), Teresina (PI), Belém (PA), Fortaleza (CE) e Manaus (AM).

“Lembro-me com alegria, emoção e gratidão a visita. O Brasil inteiro, de Norte a Sul, Leste a Oeste, viveu essa experiência bonita. O povo se deixou tocar pela beleza da presença amorosa do Papa João Paulo II, suas mensagens, encontros inesquecíveis em todo lugar”, recorda dom Walmor, que estava em Roma concluindo seus estudos em Sagrada Escritura, aos 26 anos de idade.

“Acompanhei de Roma e tive a emoção bonita de receber, numa experiência singular, a chegada do Papa de volta do Brasil a Roma”, partilha.

Em passagem rápida na capital mineira, o Papa hospedou-se na residência onde aquele jovem padre de 26 anos reside atualmente, como arcebispo metropolitano: “uma experiência bonita”.

Marcas

De acordo com levantamento do Vatican News, foram 48 discursos de João Paulo II em sua primeira visita ao Brasil. Um desejo do então pontífice foi que a acolhida dedicada a ele também fosse para Cristo:

“Que as vossas portas que se abriram para mim com amor e confiança, permaneçam largamente abertas para Cristo. Será minha alegria plena”.

Dom Walmor destacou que o Papa deixou uma “grande marca para a juventude, nessa opção preferencial pelos jovens. E, em cada lugar, uma mensagem forte, bonita”. O presidente da CNBB reforça ainda que “até hoje uma grande lembrança no coração de crianças daquele tempo, hoje adultos que são tocados pela força daquele amor”.

Deus seja louvado por essa experiência bonita e esta herança maravilhosa dos 40 anos da primeira visita do Papa João Paulo II ao Brasil. João de Deus, convidando a todos a uma experiência bonita de ser de Deus numa Igreja alegre, jovial, missionária e que é hospitaleira, indo ao encontro de todos. Interceda ele por nós para que possamos continuar esse caminho neste tempo de tantas dificuldades, mas sempre esperançosos porque sustentados pelo amor“.

O arcebispo do Rio de Janeiro (RJ), cardeal Orani Tempesta, também partilhou com Vatican News suas recordações da primeira visita de São João Paulo II ao Brasil, destacando a canção que ecoou nos diversos cantos do país. Para o cardeal, é marcante e lembrada até hoje a visita à favela do Vidigal, na capital Fluminense.

A visita de São João Paulo II foi coberta e registrada pela Rede Globo de Televisão. A emissora dedicou uma página em seu site de memórias com vídeos e relatos dos jornalistas e cinegrafistas desta visita histórica. Confira a página com as Visitas de João Paulo II ao Brasil.

 

Atualizado em: 30/06/2020 às 13:23
Nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
 Veja mais notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Diocese de Patos de Minas. Cadastre seu e-mail...